A polarização é expressão de uma dimensão autoritária da sociedade, diz a socióloga Verônica Pereira

O Governo Bolsonaro completou seu primeiro ano de administração. Entre diversas análises e leituras produzidas para avaliar o atual cenário político, uma delas teve um certo grau de unanimidade entre os especialistas: a polarização entre as opiniões políticas se intensificou. A rivalização de duas frentes, o “progressismo” e o “liberalismo” – reduzidamente “esquerda” e “direita”, respectivamente – vista durante a eleição geral de 2018, ganhou novos desdobramentos com o novo governo, fato reforçado por algumas declarações polêmicas dadas tanto pelo presidente da República como por seus comandados. O efeito mais marcante desse cenário tem se revelado na internet, palco de onde as discussões já acaloradas do cotidiano offline ganham repercussões ainda maiores. 

Para refletir sobre esse momento vivido pela sociedade brasileira, POLITICANDO conversou com a socióloga Verônica Sales Pereira, professora-titular do Departamento de Ciências Humanas da Universidade Estadual Paulista (Unesp). Com especialização nas áreas de memória social, sociologia urbana, patrimônio e identidade, ela nos ajuda a refletir um pouco sobre os motivos que levaram a sociedade brasileira à atual situação.

Continuar lendo “A polarização é expressão de uma dimensão autoritária da sociedade, diz a socióloga Verônica Pereira”