Câmara aprova R$ 600 mi para ciência e tecnologia em 2019

Comissão avaliou emendas que beneficiam as áreas de pesquisa e desenvolvimento


O Politicando dá sequência ao giro pelo noticiário do Poder Legislativo, e traz uma boa notícia da Câmara dos Deputados. A Comissão de Ciência e Tecnologia (CCT) aprovou uma série de emendas parlamentares que incluirão aproximadamente R$ 600 milhões no Orçamento do governo em 2019. Os valores serão destinados a projetos ligados à pesquisa e ao desenvolvimento científico.

Um dos setores contemplados foi a pesquisa científica na Estação Antártica Comandante Ferraz. Inaugurada em 1984, a base naval atua como um importante apoio à pesquisa hidrográfica, oceanográfica e meteorológica daquele continente. Em 2012, no entanto, um incêndio de grandes proporções destruiu cerca de 70% da estrutura, causando prejuízos ao alojamento e alguns laboratórios.

SGDC-700x394
O “Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicação Estratégicas” (SGDC) é fruto da parceria entre a Telebras e a empresa americana Viasat. (Ilustração: Reprodução/MCTIC)

Outra área beneficiada será o de desenvolvimento de satélites brasileiros. Em entrevista à Rádio Câmara, o deputado federal André Figueiredo (PDT-CE) comentou que um equipamento nacional já lançado ao espaço será colocado em capacidade total de funcionamento.  “O programa espacial brasileiro que nós temos é um satélite do Ministério das Comunicações que está em órbita, mas que não está completamente operativo, uma vez que a banda KA, que é a banda da internet rápida, não está operativa. Apenas está a banda X, que é a do Ministério da Defesa. E sabemos que esse apoio que a comissão está dando vai ajudar o programa como um todo”, explicou.

Ensino superior federal

Algumas emendas destinadas às universidades federais também foram apresentadas, mas tramitam em paralelo na Comissão Mista de Orçamento – uma frente de trabalho permanente composta por deputados e senadores que avaliam propostas de emendas de forma conjunta. Em contrapartida, a CCT aprovou a realização de uma audiência pública para debater a situação financeira das universidades federais.


Leia também:

Autor: Kevin Kamada

Estudante de graduação em Jornalismo pela Universidade Estadual Paulista (Unesp).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.